Desejo sexual – com o tempo o casal pode reduzir o libido?

sexólogo_erétil_terapia_impotência_Florianópolis
Compartilhe#1#

Desejo sexual- com o tempo o casal pode reduzir o libido?

Saiba como o libido ou desejo sexual pode se tornar diminuído ao longo de uma relação.

É comum homens e mulheres virem ao consultório relatando o que o desejo sexual em seus relacionamentos (casamento, namoro, união estável) reduziram ou se anularam, mesmo sentido que possuem um afeto profundo pela parceira (o). Queixas quanto ao desejo sexual podem ocorrer desde a adolescência ou surgirem em determinados períodos da vida. Homens podem relatar que se masturbam, mas apresentam redução de desejo, na vida real, com a parceira. Mulheres relatam que após um período de relacionamento passam a não ter mais o desejo espontâneo, como o início do vínculo e esperam resgatar tal sentimento. Desde o momento que sentem o desejo diminuído até o momento que procurem ajuda, pode-se passar um tempo significativo. Do lado oposto, existe comportamento sexual compulsivo ou hipersexual, que caracteriza-se pela exacerbação ou desejo intensamente aumentado.

Conheça mais sobre o desejo sexual / libido reduzido, abaixo!

desejo_sexual_sexologo_terapia

Com o tempo o casal pode diminuir o libido?

O que é tedioso é a monotonia sexual que se instala na maioria dos casais à medida que o tempo passa. Sem dúvida, o sexo monótono e tedioso é um sexo sem fantasias, e tende a se esconder na frigidez (impropriamente chamada) ou na inibição do desejo sexual. É possível, em uma relação sem infidelidade, que os parceiros sejam criativos e consigam impedir que a monotonia se instale. A infidelidade, muito frequente em nosso meio, resulta em problemas sexuais cada vez mais difíceis de serem solucionados. Uma boa idéia para evitar a rotina é reconquistar o parceiro. Vale um telefone falando de situações amorosas e fantasias, assim como o convite para um programa diferente. Até os exercícios de contração muscular (Exercícios de Kegel) estão indicados para melhorar o desempenho.

 

sexólogo_erétil_terapia_impotência_Florianópolis

Quão comum na sociedade ocorre a redução do libido?

Aproximadamente, 15% dos homens e 20-30% das mulheres possuem diminuição do desejo sexual, ou seja, das produções mentais, das fantasias, dos jogos sexuais e, em uma parcela significativa destes quadros, pode ocasionar sofrimento para o indivíduo ou sua parceira, por não corresponderem as expectativas sexuais mínimas do outro.

Veja o vídeo explicativo sobre desejo e excitação sexual feminino:

O casamento acaba com o desejo ?

Em uma relação duradoura, o desejo sexual não acaba, apenas pode se modificar. Pode passar a não ser espontâneo (ocorrer naturalmente), mas responsivo a um momento de excitação, de tentativa de intimidade. Nos primeiros estágios de um relacionamento, guiado pela novidade ele tende a ser mais intenso. A razão de o desejo muitas vezes arrefecer com o evoluir do casamento não é por causa dele em si, mas porque é complicado para o casal amadurecer junto e superar a rotina. Ou até, serem muito contidos, meticulosos, terem dificuldade para se soltarem, deixarem a relação fluir. A monotonia sexual no casamento, onde o sexo é feito sempre do mesmo jeito, no mesmo local e por vezes na mesma posição, pode sim, inibir o desejo. Enamorar-se sempre é a dica para impedir isso, mas concordo que no mundo atual, isso nem sempre é fácil, porém não impossível.

 

*Importante frisar que, mesmo com as orientações acima, caso a disfunção mantenha-se, procure um profissional especializado. 

 

 

Dr. Kayo Gheno CRM 16.992 – RQE 11.894

Conheça mais nosso trabalho abaixo:

Disfunção erétil  – impotência – saiba mais sobre ela.

Ejaculação precoce ou rápida

Desejo sexual masculino e feminino diminuido – entenda como ocorre.

Dor na relação sexual?

Anorgasmia ou dificuldade para chegar ao orgasmo feminino

 

sexólogo_kayo_terapia_psiquiatra_Florianópolis

 

 

happy wheels

Posted on 31 de agosto de 2017 in Saúde

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top