Ejaculação precoce ou rápida?

ejaculação_precoce_rápida_sexologo

Primeiramente, eu tenho ejaculação precoce?

Existem várias definições para ejaculação rápida ou precoce atualmente, conforme os consensos de urologia, sexualidade humana e entre sociedades que estudam sobre o assunto.

Alguns apontam que ejaculação rápida é definida quando acontece em menos de 60 segundos ou antes mesmo da penetração. Outros consensos definem ejaculação precoce quando o orgasmo ocorre sem um controle voluntário (indivíduo não consegue controlar e ejacula, na maioria das vezes, antes da companheira).

Mas o mais importante é que todo esse processo é acompanhado por sofrimento para si, para a companheira ou até para ambos, independente do tempo subjetivo que ocorra a ejaculação.

A ejaculação precoce (prematura) ocorre apenas comigo?

A ejaculação rápida é relativamente comum entre os homens, principalmente entre os mais jovens.

Em estudos, iniciais, realizados por Kinsey, nos Estados Unidos, na década de 40, as estatísticas mostrararam que 75% dos homens chegavam ao orgasmo antes dos 2 minutos.

Estudos, nos últimos anos, mostram uma estatística um pouco menor, que gira em torno de 20 a 30% na população masculina, variando pouco entre os países e estudos avaliados.

A ejaculação precoce ou rápida é muito complexa de ser tratada?

A ejaculação precoce constitui um dos problemas mais fáceis de serem solucionados , principalmente, via acompanhamento psicoterápico e, quando necessário, também via medicamentoso.

Entre as modalidades medicamentosas existem várias possibilidades que necessitam ser avaliadas para cada indivíduo, sua clínica e seus sintomas.

A dificuldade de controle ocorre, geralmente, devido a um aprendizado inadequado, a um aprendizado rápido ou ao fenômeno de ansiedade de desempenho.

Deve-se pesquisar outras causas psíquicas que interferem na ejaculação como : insôniaansiedade e depressão.

ejaculação_precoce_rápida_sexologo

Como ocorre o processo de tratamento da ejaculação precoce?

Existem alguns tratamentos que evidenciaram comprovação cientifica, avaliados através de escalas ao longo do tratamento.

Quanto as terapias, a terapia cognitivo- comportamental e multimodal mostraram evidências de 50 a 95% de melhora em pacientes acompanhados por 6 meses a 3 anos.

Como realizamos o tratamento da ejaculação precoce?

Existem algumas modalidades de tratamento, mas, estas, devem ser abordadas em presença de um profissional qualificado.

É necessário entender que o processo necessita ser introduzido de forma gradual, sem acelerar as etapas, pois pode minimizar as chances de eficácia / resposta ao tratamento da ejaculação rápida (precoce).

É fundamental que a pessoa aprenda a perceber a fase imediatamente anterior à ejaculação, chamada fase da emissão do orgasmo masculino, quando o ejaculado encontra-se nas primeiras porções da uretra.

O tratamento é realizado por etapas, inicialmente sozinho e depois junto com a parceira, os quais serão abordados em consulta e terapia.

Há a possibilidade de uso de medicações, das quais utilizamos o seu efeito inibidor para melhorar a performace sexual. Dessa forma, aumentar o tempo para chegar ao orgasmo / ejaculação.

Seria melhor que minha parceira possa me ajudar nessa etapa?

ejaculação_precoce_rápida_sexologo

Quando a parceira se compromete com o tratamento do marido / companheiro, o tratamento, geralmente, possui melhor prognóstico (taxas de resposta).

Preconiza-se que a parceira, durante o processo, não emita julgamentos depreciativos quanto a performace do companheiro.

Falo isso, porque a ejaculação precoce, atualmente, tem sido vista de outra perpectiva: a de que tais homens são hiper exitáveis, ou seja, sentem muito desejo por quem estão se relacionando / vinculando.

O ideal é que o indivíduo que apresenta ejaculação precoce procure atendimento antes que isso torne-se um sofrimento intenso.

*Importante frisar que, mesmo com as orientações acima, caso a disfunção mantenha-se, procure um profissional especializado. 

Dr. Kayo Gheno CRM 16.992 – RQE 11.894

happy wheels

Posted on 31 de agosto de 2017 in Desejo hipoativo (falta de interesse sexual), Ejaculação precoce

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top